Momento I
MAIO
5 6 7 8 9 10 11 12 19 20 21 22 26 27 28
JUN
3 4 5
16 — 19
Anima
Pedro Baptista

  • 16-18 junho 2022, 21h
  • 19 junho 2022, 16h
  • CAL/Primeiros Sintomas

Anima
Pedro Baptista

  • 16-18 junho 2022, 21h
  • 19 junho 2022, 16h
  • CAL/Primeiros Sintomas
  • 120'
  • M/12

Texto e Encenação: Pedro Baptista
Interpretação: Ana Valentim, Carolina Dominguez, Inês Vaz, Júlia Valente, Mariana Guarda, Mariana Pacheco de Medeiros e Mário Coelho
Desenho de Luz: Diana Santos
Figurinos: Carmen Alves
Sonoplastia: Filipe Baptista
Apoio à criação: Anabela Ribeiro
Produção e Comunicação: Pedro Baptista
Residência de Coprodução: O Espaço do Tempo
Apoios: República Portuguesa – Cultura, DGartes – Direção-Geral das Artes; Temps d’Images; Companhia Olga Roriz

Após o fim de um processo de construção e de apresentação de um espectáculo, uma actriz encontra-se estranhamente afetada por aquele trabalho que agora terminou. O seu corpo encontra-se em conflito: é como se algo tivesse nascido dentro dela – uma figura, um espírito? Não se sabe o que é. Ela coloca a possibilidade de o seu corpo estar sobre a influência de qualquer coisa (energias, espíritos?), algo que parece querer apoderar-se de si ou nela habitar.

Entretanto, a companhia de teatro inicia o processo de construção de um novo espectáculo, Cassandra, mas as mazelas (físicas, psicológicas - tudo o mesmo) do último trabalho permanecem no corpo da actriz, comprometendo o seu bem-estar e disponibilidade na nova produção. Partindo deste conflito, dialoga-se aqui com questões relacionadas com ilusão, crença, espiritismo, teatro, etc. Acompanha-se a jornada desta mulher, na sua tentativa de resolução ou busca por uma resposta àquele fenómeno misterioso ao qual o seu corpo está agora sujeito.”

Biografias

Pedro Baptista completou o Mestrado em Teatro (Artes Performativas) na Escola Superior de Teatro e Cinema. Enquanto intérprete (em teatro, dança e performance), trabalhou com: Jorge Andrade (mala voadora), Madalena Victorino, Mário Coelho, Patrícia Moreira (Tremor Teatro), Pedro Saavedra (O Fim do Teatro), Toni Cafiero, entre outros. Integrou a companhia de teatro Artistas Unidos, tendo sido dirigido por Jorge Silva Melo e Pedro Carraca, em diversos espectáculos, leituras encenadas e leituras para a rádio. Enquanto autor e encenador, destaca as seguintes criações: Oração do veado sereio (2021), Suspiria (2020), A Gaivota (2019), Prosopopeia (2018) e Paisagem (2015).

e depois?
PROGRAMAÇÃO EM BREVE
14 OUT - 7 NOV 2022
Momento II